Meeeeus amores !!!!


Esse ano a bienal foi meio pobrinha pra mim. Recém recuperada do meu pequeno acidente, comprando as coisas da facul, Rock in Rio tudo no mesmo ano no espaço de 3 meses me deixaram despreparada ($$$) total !!!
Mas eu consegui me divertir muito. Consegui também um livro super querido, desejado e MUITO RARO NAS LIVRARIAS ! Assim como bloquinhos autografádos, muitos marcadores e uma trilogia muito desejada.

Minhas Compras e trocas:

- Vade Mecum (pra faculdade)
- A Fazenda Blackwood - Anne Rice
- Anna e o beijo frânces (troca com a amg e leitora @nandaestrela)
- A trilogia Fronteiras do Universo


Pra sorteio :

Muiiiiiiitos marcadores superlindos pra sortear pra vocês junto com os bloquinhos da Thalita Rebouças. Alguns (marcadores e bloquinhos) autografádos ! Fiquem ligados e não percam. Tem marcador de Infinito e Paixão pros colecionadores.


Meus amores por hoje é só ! Vou caprichar no próximo fim de semana.
Beijos, @NessaMynssen_

Boa noite seus lindos !

Eu sei que minhas visitas devem estar quase zeradas devido ao problema que levou a falta total de postagens. Porém, sou brasileira e não desisto nunca !
Pra evitar o fechamento do blog que eu tanto amo e os meus leitores fiéis (eu ainda tenho) não perderem o seu conteúdo, eis que algumas mudanças serão feitas. Fiquem ligados !


- As postagens serão feitas aos fins de semana;
- Durante a semana, SE TIVER POSTAGEM, será apenas o #fica a dica;
- As colunas voltaram a partir de outubro;
- As resenhas serão ou de livros já conhecidos ou de livros pouco populares, por enquanto;


A vida acadêmica-profissinal vai me deixar meio sem tempo mas o que eu tiver eu venho e compartilho com vocês, ok ?!

Beijão,
@NessaMynssen_

Meus Amooooooores !
Peço mil perdões pelo sumiço mas não foi minha culpa. O blog foi hackeado por algum engraçadinho e foi uma batalha conseguir de volta mais aqui estou eu !




Primeiramente, quero lhes contar dos livros que chegar pra mim nesse meio tempo. Não foram muitos mas ai vai a lista:
- Amante Sombrio
- O Beijo das Sombras
- O Mar de Monstros
- O Mundo de Vidro (Livro e marcadores autografados)
- A última música







Também houve o sorteio e a vencedora mega sortuda foi a @nandaestrela do blog Julgue pela Capa


Meu Rio de Janeiro vive o momento mais divino pros amantes de literatura como eu. A XV Bienal do Livro está bombando e batendo records.
Infelizmente não estarei presente em todos os dias mas farei mega cobertura dos dias que eu for. I promiss ! rs

DIA 04 DE SETEMBRO

Foi um dia mega concorrido ! A linda e querida Hilary Duff. Infelizmente não consegui senha mais soube que foi sucesso !
Por outro lado vi a linda Thalita Rebouças. Uma simpatia sempre, conversou, beijou e abraçou a todos ! Muitos autografos e claro que eu peguei né. rs rs




Em livro, só minha linda sister. Eu peguei nos bloquinhos do livro "Ela disse, ele disse" que sortearei em breve. também fiz aquela seleção de marcadores e livretos pra sorteio. Uns autografados!!!









Outro ponto alto foi a autora de "Como (quase) namorei Robert Pattinson" a mega fofa Carol Sabar.
Conversou e tirou foto com vários leitores e falou sobre o seu livro. Estou mega curiosa *-*






Meus amores, é assim que o blog volta em grande estilo !
Espero que me perdoem e gostem !
Beeeijos,
@NessaMynssen

Oi pessoas !

Tudo bem ?!
Hoje posto pra vocês a resenha campeã da enquete.
Espero que gostem !

Título: A Rosa do Inverno
Autora: Patrícia Cabot
Editora: Essência

“Uma imagem inesperada e espontânea daquelas mãos em seu corpo fez com que seu rosto ficassem bem vermelho. Santo Deus, o que ela tinha na cabeça? Tinha conhecido o homem havia pouco mais de uma hora e já estava tendo fantasias sobre  . . .

T  T  T

Não, Pegeen MacDougal era perigosa porque beijava daquele jeito e não era a esposa ou amante de ninguém. O que significava que ela era livre demais e podia se apaixonar. . . Ou, o que era pior, ela era livre e ele podia se apaixonar.

Acostumado a conseguir qualquer mulher, Lord Edward Rawlings enlouquece com a sensualidade de Pegeen, que estava longe de ser a tia solteirona que ele havia imaginado. Mas Pegeen não está disposta a fazer mais concessões além de mudar-se, pelo bem de seu sobrinho, para a mansão dos Rawlings na Inglaterra. No entanto, ao chegar lá, ela logo percebe o risco que corre. Sempre movida pela razão, Pegeen sente que dessa vez seu coração está tomando as rédeas. Ela pode resistir ao dinheiro e ao status, mas conseguirá resistir a Edward? A Rosa do Inverno é um romance leve, com boa dose de romantismo, forte aroma de sensualidade e uma pitada de suspense. Fala de paixão arrebatadora e indevida, de destino e escolha. Mas, sobretudo, é uma história que acende o debate sobre a condição feminina, o papel, os desejos, os temores da mulher. Ao confrontar o instinto de se entregar a um homem e a decisão de manter a independência, a Patricia Cabot faz do livro um espelho dos dilemas femininos.”

Um dos meus romances favoritos. Isso pra dizer o mínimo. Eu queria fazer essa resenha sem envolver o que senti ao ler o livro. Mas porque ? Porque eu me apaixonei, emocionei, ri e sofri verdadeiramente.  E de um jeito que palavras não são suficientes.
O livro conta a história de Lord Edward Rawlings, segundo filho do duque e que não quer assumir de jeito nenhum o ducado. E da bela e intrigante Pegeen MacDougal, cunhada de Lord Edward que criou o sobrinho depois que sua irmã Katherine Rawlings e o marido Lord John o abandonaram. Após a morte de seu pai, Lord Edward decide realizar seu último desejo e procurar o sobrinho, novo duque por direito. O que ele não sabia era seu sobrinho, Jeremy, era criado por Pegeen – que ele desconhecia a existência – em uma casa numa aldeia na Escócia, com a caridade da igreja e uma pensão quase nula deixada pela mãe de Pegeen.
Um romance cheio de pequenas lições. Lições sobre diferentes tipos de amores. Sobre perdoar, aceitar e compreender.
Lord Edward é de longe um cavalheiro. Um homem que cresceu sendo o estranho no ninho. Ele lidou com situações constrangedoras, vivia com o pai e o irmão de uma maneira no mínimo vergonhosa e lutou de muitas maneiras pra mudar o que parecia impossível. Um homem que cresceu sozinho, com um único amigo e que sua bondade permitia que fosse usado por outras pessoas. Usado, ferido e atormentado.
Pegeen guarda um grande segredo. Lidar com a morte do pai, a caridade da igreja, um pastor apaixonado, um sobrinho muito travesso não era o plano de vida dos seus sonhos. Sua beleza incomum e uma cabeça muito a frente do seu tempo, freqüentemente lhe traziam problemas. Contudo, tudo o que ela não esperava era esbarra – literalmente – com seu cunhado a porta de sua casa. Muito menos mudar da casa simples e pobre pra grandiosidade de um Solar como Rawlings.
Patrícia Cabot nos leva pra uma época de glamur e beleza sem igual na Nova Inglaterra dos grandes salões. Toda a beleza da corte e seus romances, dilemas, fofocas e intrigas. Toda a magia e femilinidade   e complexibilidade vivida pelas mulheres da época.
Recomendo muito que não a somente que leiam mas que se apaixonem por esse casal divertido e perfeito. Teimosia, sensualidade, medo pelo novo, segredos e muito amor temperam esse romance que tem seus momentos HOT.


Beeeeeem, espero que minha paixão não tenha atrapalhado o desenvolver e o entendimento da resenha. Esse foi um dos poucos, pra não dizer o único, livro até hoje que me fez chorar. Não sei se teve a ver com as músicas que eu ouvia enquanto lia ou com a fase pessoal que eu passava, só sei que o livro me encantou e emocionou.
Eu até fiz uma playlist pra ele mas resolvi não postar. Esse é um daqueles livros que você precisa ler do seu jeito. O vídeo do post era a música que tocava na parte mais linda do livro e que marcou muito.

Vou ficando por aqui, não se esqueçam da promoção !
Beeeijos.

Escrevendo ao som de:
Heey Galera!
Tudo bem ?!
Como o prometido, segue a resenha de “O Senhor da Chuva”. Peço desculpa pelo atraso e prometo que atualizarei mais rápido aqui.
A resenha ganhadora da enquete será postada ainda essa semana com trilha sonora da leitura. Espero que gostem e não esqueçam de participar da PROMOÇÃO(aqui). É só até dia 18/07 ! Boooooooa sorte !


Nome: O Senhor da Chuva.
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século


“Anjos e demônios estão em guerra . . . de que lado você vai estar ?”

Não é bem contra o mal . . . o joga vai ser um pouco mais complicado que isso.





 
Um anjo perseguido, para não ser destruído, possui o corpo de um ser humano igualmente agonizante. Assim, o anjo quebra uma regra sagrada que dá direito aos demônios de evocarem uma guerra desigual que poderá desencadear a destruição de todos os anjos de luz da Terra.
Agora que os dois exércitos estão furiosos, transformando as tranqüilas pastagens de Belo Verde num funesto campo de batalhas onde espadas que parecem chamas, e olhos que parecem brasas, darão o tom dessa misteriosa aventura sobrenatural, repleta de batalhas mergulhadas no mundo dos anjos, dos vampiros . . . e dos demônios.
Do mesmo autor do Best-seller “Os Sete”.

O que dizer de um livro que tem tudo para sem um sucesso ? Com altas doses de aventura, terror, suspense e muita adrenalina, André Vianco traz uma história inovadora, cheia de detalhes e assustadora. Você “vê” as cenas, teme os demônios e relaxa com os anjos. Você mergulha na narrativa e fica ávido pelo final dessa eletrizante batalha que mesmo desigual tende a ser única e tentadora.
Os personagens, infelizmente, são muitos e pouco específicos de modo que você não se identifica muito com nenhum. Alguns entram e saem da história tão rápido que você nem repara!
A maneira como o sobrenatural interfere no terreno também é um ponto interessante. Não é uma coisa que aconteça só no céu ou no inferno ou em um campo de batalha afastado da civilização. Não, a batalha acontece a olhos nus. A população interfere, ajudando ou não os lados oponentes. Você se pega imaginando o que aconteceria se um ou outro fizesse algo de maneira diferente do que escrito.
Um livro repleto de ação e adrenalina. Você viaja com a história, teme e agradece assim como os personagens. Uma narrativa como poucas que eu já li. Um terror forte e até assustador pra algumas pessoas como a muito eu não via!
Superando os detalhes, a lentidão de algumas partes e o excesso de personagens descartáveis você tem um livro promissor. Vale a pena !

Trilha Sonora:
- Riot! – Three Days Grace
- The Kill – 30 seconds to mars
- Black – Pearl Jam
- In The End – Link Park
- So Cold – Breaking Benjamin
- Toxicity – System of a Down
- Believe – Fort Mior

Pessoas !

To hoje pra lançar a promoção “O Senhor da Chuva”. Devido a probleminhas técnicos, a resenha não vai ao ar hoje, mas estará no ar até 2º feira!



Pra participar é fácil e bem rápido, veja as regras:

« Seguir o blog PUBLICAMENTE  (basta clicar em seguir a direita);
« Ter endereço de entrega no Brasil;

« Preencher o formulário AQUI !



Chances Extras:


« Comentar as postagens do blog (não têm muitas, mas, eu estou cuidando disso) (+1);

« Divulgar o blog (+1);

« Seguir no Twitter @VannessaMynssen (+1);
« Divulgar a frase no twitter (+2);

#PROMO “O Senhor da Chuva” que a @VannessaMynssen e o blog #Cânticos de Arte vão sortear. Corre lá ! http://migre.me/552P4




Bom gente, por hoje é só !
Conto com você e BOA SORTE !

Beeeijos !


Escrevendo ao som de:
Heeeey People !

Tudo bom ?!
Sei que tenho sido uma blogueira bem ausente mais tem uma causa explicável. A alguns dias eu sofri um pequeno acidente que me deixou muito down. Estou sem andar e devo continuar assim por um tempo. Isso não explica minha ausência já que eu escrevo com as mãos e não com o pé mas, eu ando meio sem animo. Passar os dias deitada com o pé pro alto, tomando remédio e dormindo não é nada estimulante. Ainda bem que tenho os livros, a internet, a música e um celular com minutos ilimitados ! rs rs.
A postagem de hoje é, além de uma retratação, pra vocês me conhecerem um pouco.






Ficha Técnica:
« Nome: Vanessa Mynssen (grande demais pra colocar todo. rs!)
« Idade: 19 anos
« Onde mora: Rio de Janeiro
« Ocupação: Desocupada ?! Nãããão. Estudante
« Formação: Futura advogada criminal
« Sonho: Ainda to dormindo






Pra que não sabe, meu nome é Vanessa e tenho 19 anos de literatura e muita música. Sou bem dessas que não sabe como se descrever por que talvez não saiba quem é. Leio muiiiiiiiiiito, assisto filmes na mesma proporção e ouço música com a mesma freqüência. Impossível ?! não, eu leio ouvindo música e vejo filme todo dia, aí da uma média legal pra todos. Terminei o colégio mas ainda não estou na faculdade. Curso dois idiomas e trabalho com algo que eu adoro, embora não entenda muito a respeito: Carros.
Já comecei a escrever várias vezes mais nunca terminei nada. Já tive contos e webs no Orkut mas elas se perderam. Já quis ser musicista, técnica em informática, produtora de cinema e designer de efeitos especiais. Hoje ?! Parei de fugir de mim mesma, do que gosto e do que sempre quis fazer. Farei direito criminal.
Eu saio muito. Adoro a noite e seu mistério diário. Amo romances. Se forem os da Patrícia Cabot então, certamente darei um jeito de tê-los e devorá-los inúmeras vezes. Gosto do sobrenatural também. Não o sobrenatural mentiroso. Pera, o sobrenatural é mentiroso. Bem, mas até entre os mentirosos é possível encontrar algo plausível. Nada de efeitos ou poderes impossíveis, nomes absurdos, lugares muito exóticos ou desagradáveis. Procuro achar em todos os livros que leio uma ligação comigo ou me coloco no lugar do mocinho, sim o boy. Por exemplo: em Hush Hush 1: Patch tem algo maravilhoso e que te apaixona sem fazer muito. Ele é diferente não só por ser anjo mas no sei jeito de agir. Na atitude. Ou quem sabe, as mocinhas dos romances da Patty. Peggen (A Rosa do Inverno) é muito . . . .eu. Ela não liga pra convenções, bebe, não da fricotes, lê muito e sabe o que quer. É racional e fala sem pensar. Traga ela pros dias de hoje, tire os olhos verdes adicione um jeito meio black-dance-woman, deixe ela falar palavrões a vontade, beber e ouvir muito rock. Claro, esqueça a cabeça da séc. XIX e as roupas também. Então digamos que você terá alguém como eu.
As vezes me coloco no lugar do cara por que as frescuras e dilemas das mocinhas me irritam. Já basta os meus dilemas pessoas, deixe-me bancar o, como a Nora disse mesmo sobre o Patch, Ah! Canalha de primeiro escalão. Ver qual seria a minha atitude diante de assuntos masculinos me ajuda e ver como certas reações nossas são exageradas, infantis ou até mesmo egoístas. É divertido e instrutivo.
Nos filmes, eu me encanto com algo mais do que a trama. Os personagens em si me chamam muito a atenção. A personalidade, as atitudes, o desfecho. Muito me frustam os filmes que terminam com questões mal resolvidas.
Na música, o rock muito me atrai. Escuto de tudo mas rock me domina. A bateria, os baixos, os solos de guitarra. A os solos ! Esses me destrooooooooem. Escuto no volume máximo e se possível com silencio, assim absorvo a energia da música e do instrumento em si. E as letras ?! A tem letras que me fazem chorar. Um choro bom. Por que são profundas e se você analisá-las além do “barulho” são poéticas até. Me inspiram muito!
Gosto de combinar o livro que estou lendo com uma banda ou fazer uma playlist de acordo com o que sei sobre o livro e escutar enquanto leio. As vezes calha de uma determinada música combinar com o trecho que você esta lendo e isso emociona. Fora que em alguns casos você, inconscientemente, associa a música a determinado trecho e depois, quando você escuta a música você é levado aquela passagem do livro. Acontece muito comigo. Tem músicas que evito escutar em determinados lugares por que sei o efeito que vai me causar e não será legal na hora. Quem nunca tentou, eu recomendo. Vou fazer playlist junto com as resenhas de hoje em diante. Tem autores que fazem isso e até recomendam em seus livros ou sites. Algumas bandas eu conheci assim.
O Muse, por exemplo, Twilight – the saga foi escrito ao som deles. Em uma revista dessas que são exclusivas com curiosidades e tal sobre New Moon, vinha a trilha sonora pra cada livro. Baixe todas por sinal, e amei ! Reli a saga ouvindo e nossa, foi perfeito. Recomendo!
Como deu pra ver, gosto das artes. Literatura, cinema, música. Gosto de dança, teatro e artes plásticas. Adoro museus! Gosto meeeesmo. Tenho até um favorito! O Museu Imperial de Petrópolis. É lindo!
Gosto de lugares exóticos também. Enquanto algumas pessoas preferem New York pra fazer compras ou Miami pelas praias e baladas, Las Vegas ou fora dos USA, Madri ou Paris, eu sou mais Sidney ou a Nova Zelândia. Cuba. A Toscana certamente! Assim como Castilla ou Amsterdam. Sem esquecer da Grécia, suas ilhas e a África. Tenho uma paixão pela África. No Brasil, Fernando de Noronha, Fortaleza, Amazônia e Santa Catarina. Cidades Históricas estão na lista também. Preciso ganhar na mega-sena sabe. Ou isso ou casar com um dos lidos assaltantes parceiros de George Maravilhoso Clonen em 11 homens e um segredo.





Beeeem seus lindos,
vou aproveitar a onda de inspiração e escrever as resenhas do que anda ocupando o meu tempo nesses dias de perna pro ar.

Beeeeijo, Nessa =)

Skoob

Parceria

Link-me!




Pesquisar este blog

Carregando...

Seguidores